Anthem e o recente burburinho das micro transações

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

E aí nobre leitor que nos segue, com altas expectativas para os jogos de 2019? A expectativa aqui tá borbulhando no aguardo dos lançamentos, mas especificamente o Anthem, o controle dessa expectativa foi embora. hahaha. Toda a hype que vem sendo construída em torno deste título só aumentaram mais a vontade de jogar a versão completa deste jogo.

Pois bem, essa expectativa monstruosa me fez comprar esse jogo na pré-venda. Obs. (Não recomendo a nenhuma pessoa que faça a mesma coisa, pois acredito que comprar na pré-venda é uma sinalização ao mercado que é mais importante a propaganda que o produto). Mas, vamos tentar controlar esse hype nos próximos lançamentos, porque esse já foi!

Nesse fim de semana foi disponibilizado a demo VIP para quem fez a compra antecipada (um dos motivos que me levaram a fazer a pré) e/ou é assinante dos serviços EA Access (Xbox One) e/ou EA Origin (PC). Entre problemas de conexão com o servidor e loadings infinitos que necessitavam a reinicialização do jogo, no segundo dia (26), as coisas estabilizaram um pouco e foi possível curtir a demo e ver o que o jogo possibilitará aos players. Tive a possibilidade de jogar aproximadamente 15 horas da demo, fazendo as 3 missões da história e fazendo uma missão extra, em loop, para testar todas as Lanças (Javelins), além de poderes/acessórios de cada uma e testar outras possibilidades em cooperativo.

Diante dos problemas citados anteriormente, começou a correr um burburinho que o jogo não estaria adequado ao lançamento, que a EA e/ou BioWare estariam fazendo um trabalho ruim e outras opiniões contundentes, que discordo completamente. O que me parece, é que muitas das pessoas que compartilhavam tais opiniões contundentes falam vagamente, como se não tivessem conseguido de fato testar o jogo na sua versão demo e/ou testaram por muito pouco tempo. Convenhamos que, esperar que uma versão demo seja perfeita é no mínimo insano, ainda mais se tratando de uma demo online com cooperativo que depende de servidores funcionando, logicamente a demo serviu para realizações de testes por parte da desenvolvedora e é insano esperar um jogo lisinho.

Passado tais reclamações infundadas e vazias sobre a estabilidade da versão demonstrativa do jogo, iniciou-se uma nova “treta” para angariar clicks e gerar polêmica. E dessa vez foram as micro transações.

De fato, a EA sofreu duras críticas nos últimos tempos em razão do Star Wars Battlefront 2 apresentar micro transações para compra de personagens consagrados da universo Star Wars. A crítica foi merecida e devida, pois sem dúvida nenhuma, a prática que estavam implementando pouco a pouco se tornou totalmente abusiva no jogo citado. Um usuário do Reddit inclusive, chegou a calcular o tempo necessário para desbloquear tais personagens sem a utilização de dinheiro real, e era insano, ter que jogar 50 a 100 horas para desbloquear 1 único personagem. Contudo este não é o caso de Anthem, e algumas críticas estão sendo vazias e infundadas.

A princípio o boato iniciou falando que na demo tinha micro transações, porém, quem jogou pode confirmar que não havia nenhuma, nem faria sentido ter micro transações em uma demo. Toda e qualquer item “comprável” dentro da demo era possível com moedas do jogo, obtidas em missões e todos limitados a 25 unidades. Depois acrescentaram que a produtora BioWare havia prometido que no jogo não haveria micro transação, o que é de fato uma distorção tremenda do que realmente foi dito pelo Mark Darrah em uma entrevista. O produtor informou que não seria possível comprar poder no jogo e que todo item que fosse comprado o jogador saberia o que estaria comprando, ou seja (traduzindo), haveria micro transações cosméticas e não haveria lootbox.

Adicionalmente, vazou a imagem acima com valores dos itens cosméticos (micro transações). Porém, quem não participou da demo começou a histericamente publicar nas redes sociais que Javelins serão comercializadas com dinheiro de verdade. Se tivessem pelo menos jogado a Demo entenderiam que todos os itens apresentados na imagem acima tratam, de fato de cosméticos. E sobre os valores apresentados na imagem, a BioWare se pronunciou que ainda não foi finalizado o balanceamento de economia do game. Portanto caro leitor, se quer uma dica, baixe a demo do Anthem que estará disponível para teste público a partir de amanha 01/02/2019 e tire suas próprias conclusões, porque curiosamente está na moda falar mal desse jogo.

Enquanto isso aproveitarei, se possível, pelo menos mais umas 15 horas de gameplay esse fim de semana.

E você o que acha das polêmicas e o que espera desse jogo? Deixe seu comentário e valeu!

Compartilhar

Sobre o Autor

Diego Ranieri

Engenheiro civil, mineiro/rondoniense, gamer no período que sobra, hipnotizado por tecnologia e fã do Xbox. Adora ficar em casa jogando numa boa party, mas também adora beber boas cervejas e conversar sobre tudo, inclusive games.

  • Eduardo Luiz

    Ridículo esses vtubers, que nem jogaram a demo, queimarem o jogo. Pelo menos, os vídeos dos que jogaram, falaram muito bem do jogo, tirando fora o que você falou sobre a instabilidade dos servidores no início da demo.
    Caras acham que falando mal, de algo que desconhecem, serão considerados os gurus dos jogos. Só criam seguidores desmiolados, que não tem opinião e acham que o que o cara fala é a verdade absoluta.